sábado, abril 19, 2008

Stalinismo: sabe o que é?

Num confronto singular,o meu amigo(declaro-o logo à cabeça, para não pecar por ausência de declaração de conflito de interesse.) João Tunes, editor em Água Lisa 6, travou-se de razões com António Barreto( e bem, por aquele não cuidar de apurar a veracidade de uma carta dada em fac similé, supostamente, da autoria do Vice Almirante Rosa Coutinho...então Alto Comissário em Angola.), colunista de o Público, a pretexto dum livro dum português que viveu em Angola de 1975-1977 e foi preso pelas autoridades d'então e recenseado por aquele "académico" nas páginas da gazeta do patrão da SONAE.

O "inenarrável" Vitor Dias (de quem se dizia, quando ia à RTP1, perorar em nome do PCP: "Faz baixar as audiências da estação e perder votos ao PCP".)no seu blog "tempo das cerejas" admite, malgrado "odiar o Água Lisa 6 e o seu editor" que o João Tunes disse "tudo o que havia para dizer" sobre o assunto.

O João Tunes, que é um homem delicado, sensível, mas com um sentido d'humor ácido respondeu, no seu estilo, agradecido o encómio inesperado!

O VD abespinhou-se.

Num primeiro momento, através dum problema técnico, retirou o seu post inicial acabando, assim, a polémica que se avizinhava.

Há uma série de peripécias,de permeio,na troca de razões travada entre JT e VD, configurando Adendas e contra Adendas, duma parte e doutra, mas o que me importa isolar é a quase conclusão do VD, atacando JT, dizendo-lhe: "Afinal quem é o satlinista? Nâo fui eu que critiquei o encontro havido entre o Mário Nogueira da FENPROF e o lídere do PSD."

Então o stalinismo, resume-se a questões de encontros? Então, aquela cabeça pecêpe, o douto analítico VD - não percebeu o remoque do João Tunes?!

O stalinismo, entre outras coisas, caracteriza-se pela violência, verbal e material, em direcção aos adversários (e, as mais das vezes, contra os seus companheiros e camardas...).

O João Tunes ficou "espantado" com o facto do Dr. Filipe Menezes ter ido à sede da FENPROF e ter sido recebido pelo chefe Mario Nogueira, militante assumido do PCP.

Quantos adjectivos gastou o VD,durante a sua vida de "dedicação e sacrifício" em Notas, Comunicados e no Avante a zurzir nos dirigentes do PPD/PSD, como reacionários, vendidos ao Capital e a mando da CIA e lacaios do Imperialismo?...

Lembrar-se-á o VD (lembra-se, concerteza...)da ominosa campanha contra a pessoa do defunto Sá Carneiro,fundador do PPD, na primeira página de O Diário, durante meses a fio,o jornal que publicava "a verdade a que temos direito" fustigou e apoucou, pessoalmente, o advogado nortenho?...Lembra-se, concerteza!

O espantamento do Água Lisa 6, remetia-se para o perfil daqueles "actores", para o histórico das "relações" d'ambas as instituições desde Abril de 1974: veja-se, PCP e PPD/PSD.

Lembra-se quantas vezes o PPD/PSD esteve presente nos Congressos do PCP, após 1974?

O VD sofre do sindrome do acto falhado ( como o PCP não teve, formalmente, porque estava, então, ostracizado pelo MCI, contactos directos com José estaline, não terá sido contaminado!...é uma tese que já vi expendida por alguns pecêpes.). Leia, VD, os Avantes clandestinos da época e deleite-se com as louas e ditirâmbicos elogios ao Pai dos Povos ainda plasmados!

Stalinismo, é, claramente, na prática actual e passada recente, e mais antiga,o pensamento único,a penalização por delito de opinião, a expulsão do Partido como modo de resolver "as contradições" no seio dos colectivos partidários (quando no Poder - essas contradições eram resolvidas pela prisão,pelo exílio, pela deportação e pela morte e, sempre, pelo denegrimento moral do acusado/visado!).O PCP é, neste enfoque, stalinista desde o SG Jerónimo de Sousa até ao camarada porteiro do Hotel Vitória!

Lembra-se o que foi dito e escrito por si e, antes, por outros próceres do PCP sobre: Piteira Santos,Mário Soares, Zita Seabra,Mário Lino,Vital Moreira, Raimundo Narciso,Edmundo Pedro e...

"Conselhos" a VD:

1- Releia qualquer livro de rigor histórico, à sua escolha, sobre o periodo de mando de Estaline, na URSS (pode mesmo ler o relatório do camarada Nikita...) e verificará o que é que o João Tunes quis dizer, quando utilizou o adjectivo "estalinista";

2- Mas, não quer ir tão longe, no tempo? Muito bem. Recupere as noticias sobre as malfeitorias do, agora muito amado pelo PCP, PCChina. Sim, esse mesmo, que NUNCA criticou o estalinismo. Lembra-se do conflito sino-soviético? Em que campo, então, estava o PCP, o "seu" PCP?

3-Recupere as notícias, de jornalistas inquestionáveis, à sua escolha, sobre os acontecimentos, recentissimos, no Tibete.

4- Quer falar de Cuba, do seu muito estimado, faz pouco tempo, PCCuba, mas vergastado quando, nos idos de 60/70, fazia alguma ironia anti-soviética: lembra-se?

5-Quer falar de Pol Pot, do Cambodja, e a sua, dele, experiência de "comunismo" instântaneo e eugénico, com mais de 2 milhões de mortos?...

Fiquemos, por aqui.

José Albergaria


NB - O João Tunes, como você, têm, no Portugal democrático de hoje(se fosse na sua muito amada e saudosa URSS, não teriam...), direito de reserva da sua vida privada. Você sabe-o bem, mas não resistiu ao ataque pessoal, rasteiro, mas ineficiente, diga-se, "en passant".

Aconselho-o, ainda assim, a rever as informações das suas fontes, mesmo sobre a "reforma" daquele, até porque o processo de que ela resultou teve a ver com a luta, de muitas dezenas de anos, que o João Tunes travou, com sacrificio, empenhamento e muita inteligência...como muitos outros, onde não tenho, sequer, dificuldade em integrá-lo, a si, VD.

Hoje, claramente, você, VD, faz parte do passado, não tem futuro e, vai tendo algum presente porque "aderiu", com dificuldade, percebe-se, ao mundo da blogoesfera que é, meta isso na cabeça, duma vez por todas, um território libérrimo, pluralissimo e, onde, o contraditório convive, sem dificuldades (para os que percebem onde se meteram...)com a opinião diferente, antagónica mesmo!

Uma coisa mais: na blogoesfera existe um código de ética, não escrito, mas que TODOS (quase todos...) respeitamos:a ofensa (não confundir com o humor, que pode ser ácido e, ás vezes faz doer!)não tem lugar neste território e, sobretudo, ninguém pretende destruir o "contendor" no terreno das ideias, nem noutro qualquer território!

Admira-se você que o JT tenha uma reforma MAIOR que a sua, futura?! Meu caro VD, onde está o seu marxismo?

Já se esqueceu das categorias essenciais da teoria marxiana?

O VALOR, a MAIS-VALIA, o TRABALHO PRODUTIVO, o TRABALHO COMPLEXO, que incorpora formação escolar, académica.

Eu creio saber, JT é Engenheiro Técnico Quimico, desde 1967. Trabalha para o Capital desde os finais da década de 60 (1969?...) do século XX.

Então, você que, por opção, é revolucionário profissional, intelectual orgánico (não sei se subscreve esta categoria gramsciana...)ao serviço do PCP, desde...e que se saiba não terá, teve, outros rendimentos que não os parcos rublos que o Secretariado define para TODO o colectivo partidário - sem negociações com sindicatos e/ou comissão de trabalhadores (antigamente, era o equivalente ao salário Mínimo Nacional!), quer "ter" uma reforma equivalente á do JT? Como o faria? A expensas do estado burguês, que você combate, freneticamente, faz décadas? Ou, por que outro qualquer passe de magia, a mereceria? Acha que, moralmente, você deveria ter uma reforma maior que a do JT? Mas de que moral se reinvidicaria?

Não lhe parece, VD, que se deixou enredar numa polémica, tão desnecessária, quanto cheia de imprecisões e de falta de rigor, pela sua parte, entenda-se?!

Não havia necessidade!, mas você continua a considerar o "anti-comunismo" como um crime, para o qual só existe uma penalização possível:"matar" o portador do virus!

Isto, caro VD, só tem um nome, que ficou registado na História contemporânea com um record tenebroso, MAIS DE 20 MILHÕES DE MORTOS, com uma lista de ASSASSINATOS de Amigos, camaradas e Colegas até de Direcção partidária, tanto nacional como internacionalmente!:STALINISMO!









2 comentários:

vmorais disse...

ARRE QUE É ESTUPIDO !
UMA PORTa NÃO ESCREVERIA MELHOR

Notícia da LUSA em 8 de Março de 2008

«FENPROF RECUSA ENCONTRO COM LUIS FILIPE MENEZES

Lisboa, 8 de Março- O secretário-geral da FENPROF declarou hoje que aquela Federação sindical não receberá o líder do PSD Luís Filipe Menezes, que lhe tinha solicitado um encontro, dado tratar-se do chefe de uma partido de direita que, além do mais, procura oportunisticamente encostar-se e parasitar o justo descontentameno dos professores».


POST no «ÁGUA LISA», em 9/3, SOBRE ESTA NOTÍCIA:

O NOGUEIRA JÁ NEM DISFARÇA

A declaração do comunista Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, anunciando a recusa em receber o líder do PSD é o exemplo mais acabado do controleirismo sindical do PCP e da completa submissão de uma estrutura sindical a critérios de natureza partidária, com sacrificio de elementares principios de relacionamento institucional entre sindicatos e partidos. Nada impede Mário Nogueira de ser membro do PCP, o que é inadmissível é agir como se a FENPROF fosse uma duplicação institucional do PCP, ainda por cima de forma absurda pois é do conhecimento público que desde o tempo de Marcelo Rebelo de Sousa se realizaram encontros entre delegações e respectivos líderes do PCP e do PSD na AR. A declaração de Mário Nogueira é pois a demonstração do que lhes vai na massa do sangue: ou seja, estalinismo puro e duro, já sem qualquer celofane.»

POST NO «AQUEDUTO LIVRE», em 10/3

« Sobre o caso FENPROF- PSD faço inteiramente minhas as palavras do orador antecedente, ou seja do meu amigo João Tunes no seu excelente e incomparável «água lisa».»

VÍTOR DIAS disse...

ALBERGARIA É TRAFULHA

Mas há mais:Albergaria diz que Vítor Dias escreveu "odiar o Água Lisa 6 e o seu editor".

Ora é o próprio editor do «água lisa» que informa os seus leitores que Vítor Dias escreveu que «Por razões que devem ser óbvias, em regra, não aprecio e até detesto a maioria dos «posts» colocados no «águalisa6».
(Vitor Dias, do "Tempo das Cerejas")

Portanto, há duas perguntas que os leitores deste blogue devem fazer :

- a primeira, por que se deu Albergaria ao trabalho de inventar uma frase falsa para a por na pena de Vitor Dias ?;

- a segunda será que Albergaria tem um Q.I. tão mínimo que não percebe as diferenças entre as duas frases ?